Geração Distribuída

O sistema de Geração Distribuída permite que as unidades consumidoras instalem, em casa, pequenas usinas geradoras de energia para consumo próprio. Quando há excedente de produção, a energia gerada é exportada à rede da CEB por meio de medidor bidirecional que registra o fluxo de energia nos dois sentidos. Caso a produção seja maior que o consumo da residência, o cliente troca o excedente de energia produzido por desconto no valor da conta de luz. Quando a produção não é suficiente, a unidade consumidora é abastecida pela energia da CEB.

 

Os interessados em instalar mini ou microgeradores devem contratar empresa especializada para realizar o projeto de instalação de acordo com o estabelecido pela Norma Técnica de Distribuição (NTD) 6.09, disponível aqui. A solicitação deve ser formalizada pelo consumidor, através de formulário específico, e o projeto deve ser submetido à avaliação da Gerência de Projetos e Vistorias (GRPV) que atende na CEB do SIA. 

 

A Geração Distribuída é regulamentada pela Resolução Normativa nº 482/2012 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e suas atualizações. Seguindo as orientações da resolução, a CEB Distribuição está recebendo os projetos de geração distribuída através do Sistema de Gestão de Projetos Elétricos Online, módulo de Geração Distribuída - SGPEO-GD. Não é obrigatório o envio por meio eletrônico, mas é uma opção mais moderna, segura e transparente da execução do processo.

 
Para facilitar o entendimendo do envio por meio eletrônico, criamos o tutorial abaixo, onde são apresentadas orientações para que o(a) projetista entenda como cadastrar e enviar um novo projeto e acompanhar seu status.
 
 
O Módulo de Geração Distribuída - SGPEO-GD pode ser acessado aquiPara dúvidas e sugestões envie um email para duvidasgpeo.gd@ceb.com.br.


Voltar