CEB promove parcelamento de débitos e intensifica ações para redução da inadimplência

 

PARCELAMENTO DE DÉBITOS - A CEB Distribuição S/A abriu na segunda-feira (11), o programa de negociação de débitos – Proluz. É uma oportunidade para os clientes parcelarem dívidas em condições diferenciadas às que são oferecidas cotidianamente pela empresa.

 

Apenas as contas vencidas até o dia 31 de dezembro de 2016 podem ser parceladas pelo Proluz. O saldo devedor com a CEB pode ser divido em até 60 vezes, com avalista e entrada mínima de 10%; ou sem avalista em até 36 parcelas com entrada mínima de 30% do valor total da dívida com a empresa. Para ambos os casos, haverá isenção de juros e multa, apenas incidindo taxa de financiamento de acordo com a quantidade de parcelas negociadas.

 

Outro requisito para aderir ao Proluz é que os clientes devem estar adimplentes com as contas de energia de 2017. Caso haja dívida neste ano, também há possibilidade de parcelamento, mas dentro das condições normais oferecidas pela CEB, ou seja, em até 12 vezes com juros de 1% ao mês e multa de 2% sobre o valor total do saldo devedor.

 

Negativação por pagamento em atraso

 

A CEB Distribuição assinou novo contrato com o Serasa que dará mais celeridade aos processos de cobrança. A partir deste mês de setembro, clientes da CEB com mais de quinze dias de atraso no pagamento da fatura de energia podem ter o nome negativado.  A ação tem por objetivo reduzir a inadimplência com a distribuidora de energia: cerca de 10% dos clientes da CEB atrasam o pagamento da conta por até 60 dias.

 

A negativação abrangerá pessoas físicas e jurídicas. Os clientes nesta situação começam a ser comunicados pelo Serasa da possibilidade de ter o nome incluso no cadastro nacional de devedores a partir da próxima segunda-feira (11). A CEB já informa, na própria fatura, sobre a possibilidade de negativação quando há débitos em aberto com a empresa.

 

Locais para negociação:

 

Para aderir ao Proluz, os clientes devem procurar as agências da CEB ou postos de atendimento da CEB nos Na Hora.

 

A 2ª via das faturas vencidas pode ser obtida pela internet: http://agenciavirtual.ceb.com.br/; Os clientes também podem consultar contas vencidas e obter o código de barras pelo aplicativo “CEB Distribuição”, disponível em todas as lojas virtuais.

 

 

Sobre o Proluz:

 

I.                             O Programa de Recuperação de Créditos – PROLUZ, objetiva atender todos os clientes que possuem faturas vencidas até 31/12/2016 em nosso Sistema de Gestão Comercial - GCO, para pessoas físicas e jurídicas, oferecendo a oportunidade de liquidar seus débitos com a isenção de multa e juros moratórios em produtos e serviços da CEB Distribuição;

 

 

II.                           Critérios para negociação:

 

a)    Para pagamento à vista:

§  Isenção dos acréscimos de multa e juros em produtos e serviços CEB Distribuição, com acréscimo de correção monetária pelo IGPM;

 

b)   Para a realização do parcelamento:

§  Isenção dos acréscimos de multa e juros, em produtos e serviços CEB Distribuição, com acréscimo de correção monetária pelo IGPM;

 

b.1 – Das condições de Parcelamento:

 

        b.1.1 – Em toda negociação / parcelamento haverá pagamento de entrada.

            

b.1.2 – Sem avalista:

 

- Entrada mínima de 30% do valor atualizado mais a inclusão, a este valor da entrada, de todos os produtos e serviços que não pertencem a CEB Distribuição, a exemplo da CIP – Contribuição de Iluminação Pública. Não haverá isenção de encargos para produtos e serviços que não pertencem a CEB Distribuição.

 

- Prazo máximo em 36 vezes.

 

 

 

b.1.3 - Com avalista:

 

- Entrada mínima de 10% do valor atualizado mais a inclusão, a este valor da entrada, de todos os produtos e serviços que não pertencem a CEB Distribuição, a exemplo da CIP – Contribuição de Iluminação Pública. Não haverá isenção de encargos para produtos e serviços que não pertencem a CEB Distribuição.

 

- Prazo máximo em 60 vezes.

 

c)    Da incidência dos índices de financiamento:

c.1 - em até 12 vezes, 0,50% a.m;

c.2 - em até 24 vezes, 0,68% a.m;

c.3 - em até 36 vezes, 0,99% a.m;

c.4 - em até 60 vezes, 1,50% a.m.

 

 

III.                         Critérios para adesão ao programa PROLUZ:

 

1)   Para aqueles que aderirem ao programa, o pagamento deverá ser feito à vista ou parcelado, com a assinatura do Termo de Confissão de Dívida, a ser efetivado pelo cliente em uma agência / posto de atendimento ou na Gerência de Cobrança da CEB Distribuição, durante o período de abrangência do PROLUZ;

 

2)   O cliente poderá ser excluído do programa, diante da ocorrência de uma das seguintes hipóteses:

 

2.1-      Inobservância de qualquer das exigências estabelecidas no PROLUZ;

 

2.2-      Prática de qualquer ato ou procedimento tendente a omitir informações, a diminuir ou a subtrair receita; e,

 

Parágrafo Único - a exclusão do programa poderá implicar na exigibilidade imediata da totalidade do débito faturado confessado e não pago, restabelecendo-se, em sua totalidade, os acréscimos legais na forma da legislação vigente, além da previsão de Negativação e Protesto do saldo devedor.

 

3)   A inclusão ao programa fica condicionada, ainda, ao encerramento comprovado dos feitos, por desistência, expressa e irrevogável das respectivas ações judiciais e das defesas em recursos administrativos, formulados pelo cliente, bem como a renúncia do direito, sobre os mesmos débitos, em que se alicerça o pleito judicial ou administrativo. A CEB Distribuição solicitará a extinção dos feitos judiciais relativos aos débitos objeto do PROLUZ/2017;

 

4)   Os valores pagos de faturas em atraso referente ao período de abrangência do PROLUZ, dentro da vigência do programa, também estarão isentos de encargos moratórios de multa e juros;

 

5)   Parcelamentos de faturas em atraso não contempladas no PROLUZ, reparcelamentos de contas e outras formas de negociação de débitos que extrapolem os limites do programa quanto ao número de parcelas, pagamento mínimo de entrada, exigência de avalista ou alteração do índice de correção, somente poderão ser feitos se autorizados formalmente por um dos Diretores da CEB Distribuição ou pelos Gerentes por eles designados formalmente;

 

6)   Os benefícios de que trata este Programa alcançarão os débitos inscritos ou não na SERASA, protestados ou não, ajuizados ou não, parcelados ou não, vencidos até 31/12/2016;

 

7)   Negociações realizadas ou encargos faturados antes da implantação do Programa não serão refeitos. O benefício atingirá créditos pendentes em nossos sistemas comerciais, vencidos até 31/12/2016 e não pagos e/ou não negociados até a dada de início da realização do PROLUZ, sendo vedada a cumulatividade de benefícios para a mesma identificação CEB;

 

8)   O não cumprimento do acordo ou o atraso no pagamento de até 02 parcelas poderá incidir no faturamento de todo o contrato, com a retomada da cobrança e ajuizamento da ação de execução, ou se esta já estiver proposta, será retomada nos próprios autos, voltando a incidir sobre a dívida restante todos os encargos legais, multa e juros proporcionalmente;

 

9)   A fruição dos benefícios contemplados não confere direito à restituição ou compensação de importância pagas, ou negociadas antes do PROLUZ, a qualquer título;

 

10)        Em se tratando de quitação de créditos que estejam judicializados deverá ser ouvida a Procuradoria da CEB Distribuição, para efeito de cálculo das eventuais custas processuais e honorários;

 

11)         As multas por irregularidades praticadas com dolo, fraude ou religação à revelia, não estão contempladas neste PROLUZ, devendo ser faturadas dentro do previsto na Resolução 414 Aneel. As faturas vencidas até 31/12/2016, ainda que por irregularidade na medição, poderão ser negociadas com os benefícios do programa, sem a retirada de encargos já cobrados, cuja exigibilidade não esteja suspensa. As reduções serão concedidas integralmente;

 

12)        O PROLUZ terá abrangência pelo período compreendido entre 01/09/2017 a 31/12/2017, podendo ser postergado;

 

13)        O Programa de Recuperação de Crédito atenderá todas as classes de fornecimento com isonomia, e integrará as disposições concernentes às metas financeiras da CEB Distribuição.

   
   

 



Voltar