CEB atua preventivamente em podas de árvores para evitar queda de energia no DF

  • Imprimir


 

Durante todo o ano, a CEB Distribuição atua preventivamente na poda de árvores em áreas públicas que tocam ou estão muito perto de tocar a rede elétrica no Distrito Federal. Antes do início do período de chuvas, essa atuação é reforçada para que a população não tenha interrupções no fornecimento de energia, uma vez que a força dos ventos pode ocasionar o contato de árvores com a rede de energia, causando curtos-circuitos. Só no mês de agosto foram realizadas 1.150 podas de árvores no DF. Ao todo, 9.673 podas foram realizadas em 2019.

 

A engenheira florestal da CEB Distribuição, Fernanda Miquelino, explica como é o plano de manutenção preventivo da área ambiental da CEB Distribuição. “A área operacional passa uma lista com as ocorrências causadas por árvores na rede elétrica e então atuamos nos circuitos que mais tem esse tipo de ocorrência. Também fazemos atendimento pela central telefônica 116 e quando outros órgãos solicitam”.

 


Fernanda Miquelino, engenheira florestal da CEB Distribuição

 

As sete equipes especializadas em poda de árvore na CEB são treinadas para realizar o corte de forma que os galhos não voltem a crescer. “Se você fizer o corte nas células dormentes da árvore, quando o sol bater os galhos crescem novamente. É preciso cortar no que chamamos de colar, onde as células cicatrizam e fecham o galho, para não precisar de um novo atendimento”, explica Fernanda.

 


Curso de especialização em poda de árvore

 

A CEB faz um investimento anual de poda de árvore de R$ 7 milhões. São dois tipos de caminhões que as equipes utilizam, os que sobem até 13 metros e os que permitem atingir árvores de até 20 metros. Existem 27 tipos de poda: superior, lateral, corretiva, preventiva, com grau de dificuldade maior, como a em “V”. Foram necessários três anos de estudos para que a área florestal da CEB e suas equipes chegassem ao plano que é efetuado atualmente.

 

 “Brasília é uma cidade bem arborizada, e eu vejo a importância de nós termos esse trabalho de conscientização de aliar uma poda bem-feita, o paisagismo da cidade e o fornecimento de energia. É essencial mantermos a cidade arborizada, mantermos as espécies importantes do cerrado e ainda conseguirmos entregar uma energia de qualidade para a população, sem interrupções no fornecimento de energia. A CEB tem conseguido fazer isso”, declara Fernanda Miquelino, engenheira florestal da CEB Distribuição.

 

Os resíduos produzidos pelas podas de árvores viram serragem e são reutilizados como adubo, de forma sustentável. “Pedimos para que a população não deixe de ligar na central 116 para solicitar o serviço de poda, sempre que uma árvore estiver perto de tocar a rede elétrica. Isso pode salvar vidas”, conclui Fernanda Miquelino.

 

Para o diretor de Distribuição, Dalmo Rebello, “é importante deixar claro que a possibilidade da falta de energia é inerente ao sistema de Distribuição, fato reconhecido e amparado pelo órgão regulador do setor elétrico através dos limites de DEC e FEC pré-estabelecidos. O papel da CEB-DIS é realizar investimentos como esses e atuar para que falte cada vez menos energia nas cidades, mas, acima de tudo, estar preparada para, quando faltar, demorar cada vez menos tempo para ser restabelecida".

 

 Brasília, 04 de outubro de 2019.

 Outras Notícias...



Voltar