LED trará mais segurança para as áreas residenciais do Sudoeste


 
A meta do Governo do Distrito Federal de substituir as luminárias convencionais por modelos de LED na iluminação pública de todas as 31 regiões administrativas está em avanço. Na manhã desta quinta-feira, 17.12, a Companhia Energética de Brasília - CEB iniciou a execução da eficientização em diversas áreas do Sudoeste. Para acompanhar a primeira troca da luminária estiveram presentes a administradora da cidade, Tereza Canal Lamb, e o deputado distrital Reginaldo Sardinha (AVANTE).

O projeto contempla a instalação de 532 luminárias de LED nos arredores do campo esportivo da SQSW 304, na quadra 08 do Setor Indústrias Gráficas e nas áreas residenciais do Sudoeste. Os recursos que viabilizam essa iniciativa são provenientes da emenda parlamentar do deputado Sardinha, no valor aproximado de R$ 370 mil.

De acordo com a administradora do Sudoeste, Tereza Lamb, a maior parte dos prédios residenciais não possui garagem, onde uma boa iluminação se faz necessária para que a população se sinta segura. “O Sudoeste tem uma boa qualidade de vida. Mas os moradores aqui do setor econômico se sentem abandonados, porque nunca houve investimento. Então essa nova iluminação com certeza vai trazer muitas melhorias para as nossas vidas”, disse a administradora.  

Durante o evento, o deputado distrital Reginaldo Sardinha mencionou os outros investimentos realizados na iluminação pública. “O Sudoeste, a Octgonal e o Cruzeiro Novo  estão com projetos de iluminação de LED em andamento, porque quando falamos de segurança pública, estamos nos referindo também à uma iluminação de qualidade”, declarou.

O presidente da CEB, Edison Garcia, reforça a importância da parceria entre a CEB, os parlamentares e as administrações regionais. “Tem sido muito benéfico para a população do DF a destinação de emendas parlamentares para a eficientização da iluminação pública. Através dos administradores das RA’s, temos executado grandes projetos que levam a tecnologia do LED para as comunidades, gerando sensação de segurança e inibindo a criminalidade”, disse.  

Além de melhorar a visibilidade de motoristas e pedestres, a luminária de LED gera uma economia de até 40% na conta de energia das regiões administrativas, tem vida útil maior do que a luminária convencional de vapor de sódio e precisa de menos manutenção para continuar em pleno funcionamento.
 

Brasília, 17 de dezembro de 2020. 

 

 

 Outras Notícias...



Voltar