Nota da CEB sobre crime de feminicídio envolvendo servidor

A CEB informa que tomou ciência do crime ocorrido nesta madrugada (12/01), cometido pelo servidor Geovane Geraldo Mendes da Cunha.

 

Com muito pesar, a Companhia lamenta e afirma que repudia de maneira contundente qualquer tipo de violência.

 

Comunicamos ainda que, por determinação legal, não pode se manifestar publicamente sobre quaisquer funcionários que porventura estejam respondendo a processos administrativos disciplinares em andamento, por respeito ao devido processo legal, contraditório e ampla defesa.

 

 Brasília, 12 de janeiro de 2021.  



Voltar