CEB faz abertura das comportas do Lago Paranoá

ATUALIZAÇÃO
BRASÍLIA, 26.02.2021

CEB faz abertura das comportas do Lago Paranoá

 

A CEB Geração informa que realizou o procedimento de abertura das comportas do Lago Paranoá nesta sexta-feira (26). As comportas 1 e 3 foram abertas com 15 cm cada uma, de modo preventivo, em virtude do aviso da Defesa Civil de fortes chuvas e da previsão para o final de semana.

 

A ação foi acompanhada pelas equipes técnicas da CEB Geração, o CBMDF e a Defesa Civil e incluiu sobrevoo de helicóptero e o cumprimento de todas as normas técnicas definidas pela Adasa para o procedimento.

 

A população a jusante da Barragem foi alertada através do moderno sistema de notificação de massa, que inclui sirenes e mensagens sonoras.

 

“Essa ação é necessária para que os níveis da Barragem permaneçam dentro de patamares confortáveis e em conformidade com as normas técnicas”, declara o diretor-geral da CEB Geração, Eduardo Roriz.


 
BRASÍLIA, 23.02.2021, 9H

ATUALIZAÇÃO SOBRE A ABERTURA DE COMPORTAS DA BARRAGEM DO PARANOÁ

Informamos que, após cerca de 12h com as comportas da Barragem do Paranoá com abertura de 90cm cada, chegando a um total de 2,7m de abertura total, foi possível controlar o nível do lago, reduzindo a cota de 1000,78 metros para 1000,60 metros. Informamos ainda que, no início da manhã desta terça-feira, 23.02, retornamos as comportas para abertura de 30cm cada, com um total de 90cm de abertura total.

A equipe técnica da CEB Geração segue monitorando a cota do Lago e estará pronta para atuar, caso o volume de águas represadas volte a subir para patamares acima do estipulado. Esclarecemos que todas as ações de ampliação e redução da abertura das comportas foram coordenadas pela equipe técnica da CEB Geração, em conjunto com a Defesa Civil, mediante inspeções realizadas nas comunidades ribeirinhas a jusante da barragem, e visam atender às normas de controle da cota do Lago, determinadas pela Adasa.

As mensagens sonoras continuam sendo emitidas sempre que há uma alteração para maior na abertura das comportas, para alertar a população ribeirinha sobre os riscos a jusante da barragem. A Companhia pede que a população siga atenta, respeite os avisos e evite circular às margens do Rio, o que inclui a prática de pesca e banho no local.

  
NOTA CEB GERAÇÃO / 18.02.2021
 

A CEB Geração informa que o reservatório de águas do Lago Paranoá alcançou a cota de mais de 1000,67 metros por volta das 09h40 desta quinta-feira, 18/02. Mesmo sem chuvas na capital durante o dia de hoje e com as três comportas abertas 20cm cada, em menos de três horas, o nível do lago subiu 3cm.

A Companhia então resolveu fazer um aumento escalonado na vazão de águas da Barragem. Com isso, as três comportas, que estão abertas desde o início da semana, expandiram para 90cm (30cm cada comporta) no final da manhã e para 120cm (40cm cada comporta) no final do dia, com a finalidade de controlar o volume de água represado.

As operações foram precedidas de avaliações técnicas acerca do volume de água do Lago Paranoá e do Rio Paranoá, realizadas às 10h e às 16h desta quinta-feira, 18.02.

As decisões e procedimentos executados pela CEB Geração foram acompanhados pela Defesa Civil, que participou das inspeções na Usina em conjunto com os técnicos da CEB.  

“Além das fortes chuvas, a cota do lago também é impactada pelos afluentes, Bananal, Riacho Fundo e pela água que está vertendo da Represa Santa Maria. Temos que estar sempre alguns passos adiante para que os níveis da Barragem permaneçam dentro de patamares confortáveis e em conformidade com as normas técnicas”, explica o Diretor-Geral da CEB Geração, Eduardo Roriz.

As mensagens sonoras continuam sendo emitidas para alertar a população ribeirinha sobre os riscos à jusante da barragem. A Companhia pede para que a população respeite os avisos e evite circular às margens do Rio, o que inclui a prática de pesca e banho no local.


 

Comportas da Barragem Paranoá com abertura de 30cm cada - Crédito: Gilberto Alves/CEB

 

Volume do Rio Paranoá no início da tarde do dia 18.02 - Crédito: Gilberto Alves/CEB

 

 

Brasília, 18 de fevereiro de 2020.

 

 Outras Notícias...



Voltar