CEB Distribuição quer arrecadar até R$ 20 milhões com sucatas

 Leilão deve atrair empresas que fabricam cabos, ferro velho e fornecedores de equipamentos elétricos 

 


 

A área de administração e suprimentos da CEB Distribuição mapeou um grande volume de sucata de materiais descartados pela companhia, que serão vendidos em um leilão com o objetivo de reforçar a receita e reduzir as despesas de armazenamento. O leilão está previsto para o final de agosto e estima-se arrecadar entre R$ 15 milhões e 20 milhões com as vendas.


O setor responsável pela administração de materiais da CEB Distribuição está precificando e dividindo em lotes sucatas de transformadores, sucatas de carros, cabos de cobre, cabos de alumínio e centenas de postes que serão colocados à venda. O presidente da CEB e diretor-geral da CEB Distribuição, Edison Garcia, visitou o setor e recebeu um panorama do que será leiloado.


O superintendente de administração e suprimentos, Wellerson Santos, explica como foi feita a separação do material passível de recuperação e o que se tornou sucata para o leilão. “Aqueles transformadores, por exemplo, que sofreram um dano excessivo, ou seja, que o investimento na recuperação atingiria 50% do seu valor, viraram sucata. Esse é o critério técnico que utilizamos.”


Para o gerente de administração de materiais da CEB-D, Hudson de Oliveira, o valor arrecadado no leilão será investido para melhorar a qualidade do serviço para o cliente. “Com esses recursos, vamos fazer investimentos que possibilitem melhorar a qualidade do serviço e, consequentemente, a vida da população, que é a nossa preocupação”, afirma.


Após o processo de precificação e divisão em lotes, o próximo passo será a venda efetiva dos materiais disponibilizados pela companhia, por meio de um leilão.

 

 

 

Brasília, 02 de agosto 2019.

 Outras Notícias...



Voltar